Comprar carabina

Comprar carabina

Sabia que no Brasil um cidadão comum pode ter até seis armas de fogo legalizadas, incluindo uma carabina? Sim, saiba como comprar uma arma legalmente.

Isso não quer dizer que se trate de um procedimento simples. A pessoa interessada deve ter mais de 25 anos, ficha limpa na polícia e motivos coerentes que atestem uma necessidade real do objeto.

Seja para proteção ou a prática de esportes, a pessoa física acaba perdida no meio da papelada exigida pelo Sistema Nacional de Armas (SINARM) da Polícia Federal.

Quais calibres são permitidos, a diferença entre porte e posse, quais os documentos necessários… Essas são algumas das dúvidas que ficam na cabeça de quem deseja adquirir uma arma, mas não faz ideia de como vencer a burocracia.

O ponto de partida

O primeiro passo para comprar uma arma de fogo é obter uma autorização de compra. Este formulário identifica a arma que se pretende adquirir e fica disponível nos estabelecimentos de venda de armas ou pode ser acessado no site da Polícia Federal. Ele deve ser preenchido e assinado em duas vias acompanhado dos seguintes documentos:

  • Declaração de Efetiva Necessidade: o requerente explica a necessidade de adquirir a arma e informa a marca e o modelo desejado
  • Certidões Negativas da Justiça Federal, Estadual, Militar e Eleitoral que podem ser obtidas pelos sites oficiais
  • Declaração de que não responde a inquérito policial ou a processo criminal
  • Cópias do CPF e RG autenticadas
  • Comprovante de trabalho
  • Cópia de um comprovante de residência (água, luz ou telefone) recente
  • Duas fotos 3×4
  • Exames de aptidão técnica e psicológica emitidos por instrutores credenciados na Polícia Federal (A lista de Instrutores Credenciados fica disponível no site da PF) – Comprar carabina

O local de entrega do pedido de compra muda de acordo com a motivação:

  • • Se o intuito for a defesa pessoal, familiar ou patrimonial esse documento deve ser solicitado a unidade da Polícia Federal mais próxima
  • • Se o comprador em potencial for policial ou militar das forças armada, o pedido deve ser feito ao Comando
  • • Já para arma de tiro esportivo, a pessoa deve se encaminhar até o Quartel do Exército ou a Confederação Brasileira de Tiro Prático (cbte.org.br)

Quando a autorização de compra é liberada a pessoa pode então ir a uma loja especializada onde efetuará sua aquisição. É importante saber que o comprador não sai do estabelecimento com o artefato, apenas recebe a nota fiscal e o número de série do modelo escolhido.



Saiba o PASSO A PASSO exato para Posse de Arma de Fogo sem pagar despachantes, sem advogados, sem curso de tiro e sem taxas adicionais

Confira!


-

Quais são as armas de fogo de uso permitido?

A legislação define dois tipos de armamento: os de uso permitido que são os utilizados por civis para defesa domiciliar e os de uso restrito que só pode ser utilizado em geral pelas Forças Armadas.

  • São exemplos de armas curtas de uso permitido os calibres .22 LR, .25 Auto, .32 Auto, 32 S&W, .38 SPL e .380 Auto.
  • São exemplos de armas de fogo longas raiadas de uso permitido os calibres .22 LR, .32-20, .38-40 e .44-40.
  • São exemplos de armas de fogo de alma lisa de uso permitido o calibre doze ou inferior.

As armas permitidas para uso dos cidadãos comuns são:

O porte de arma de fogo é um dos assuntos recorrente no Brasil. Atualmente no Brasil, um civil tem acesso à posse de arma de fogo, de acordo com o Artigo 12 da Lei Nº 10.826/03. Veja aqui qual é a diferença entre posse e porte de arma de fogo.

  • Armas de fogo curtas – pistolas e os revólveres
  • Armas de fogo longas raiadas – rifles e carabinas
  • Armas de fogo de alma lisa – espingardas
  • Armas de pressão por ação de gás comprimido ou por ação de mola – Carabinas de pressão, Carabinas PCP, Pistolas de Pressão, Pistolas CO2, Pistolas de Mola
  • Armas que tenham por finalidade dar partida em competições desportivas, que utilizem cartuchos contendo exclusivamente pólvora

Obtendo seu CRAF

Uma vez que a arma de fogo foi comprada a pessoa pode saber que o mais difícil já passou. O próximo passo é registrar a arma junto ao SINARM. O registro é obrigatório e valido por três anos.

  • Comprar carabina

Para obter o Certificado de Registro de Arma de Fogo (CRAF) é preciso pagar uma taxa no valor de R$60,00. A guia de recolhimento pode ser acessada no site da PF.

Com o comprovante bancário de pagamento, dirija-se a uma Unidade da Polícia Federal com a autorização para aquisição de arma de fogo e a nota fiscal. Assim que estiver com seu registro em mãos você pode finalmente retirá-la da loja.

Lembrando que o registro dá ao cidadão o direito de posse de arma, por isso ele só poderá mantê-la em sua residência ou local de trabalho. Para poder transportá-la é preciso solicitar o certificado de porte de arma. Portar uma arma sem autorização é crime com pena de 1 a 3 anos de detenção e multa.

  • Comprar carabina

Burocracia

Precisa comprar sua arma sem essas burocracias? Entre em contato agora.

Armas de Fogo

O debate sobre o armas de fogocomo comprar uma arma legalmente e o desarmamento no Brasil é fortemente contaminado por seus defensores, que mais trabalham com rótulos e desqualificação de seus adversários do que com a verdade e princípios.

Nossos preços são muito vantajosos! Não compre arma usada sem saber de seu histórico. Compre armas novas com excelentes preços, confira!

Eles têm como objetivo passar a mensagem de que estão certos. Por mais que transgridam valores e manipulem as estatísticas a seu bel-prazer. Já na própria colocação do problema, os parlamentares que defendem a liberdade de escolha e o direito à autodefesa. São tidos por representantes da “bancada da bala”.

Loja das Armas

como comprar uma arma legalmente A perversão é total. Note-se que a liberdade de escolha e o direito à autodefesa são pilares de uma sociedade livre e democrática. Não se trata de nenhum direito de matar, mas do direito de conservação da própria vida. Os que advogam pelo desarmamento dos cidadãos almejam que o cidadão fique completamente desguarnecido. Os cidadãos não escolhem seus representantes para que estes suprimam sua liberdade de escolha. Posso perfeitamente pretender não ter nenhuma arma, mas isso não significa que o meu direito deva ser abolido.

A situação é tanto mais esdrúxula porque nada é feito no que diz respeito ao verdadeiro combate à criminalidade. Os bandidos continuam a ter livre acesso às armas de fogo. O mercado negro os supre muito bem. Por uma absurda inversão, o problema passa a ser dos cidadãos. Os que pagam impostos e deveriam ser protegidos contra qualquer violência. O Estado não consegue coibir a violência, seu dever primeiro, e nega a seus membros que o façam. Negando-lhes qualquer direito a respeito. O cidadão fica à mercê dos criminosos. Pior ainda, os criminosos são ainda tratados com a máxima consideração pelos ditos representantes dos direitos humanos. Suas vítimas são relegadas ao esquecimento.

Compre já a sua – Comprar arma sem registro

como comprar uma arma legalmente Ademais, há um problema metodológico ao se usarem os dados sobre mortes por armas de fogo como argumento a favor do desarmamento. Ignora-se o binômio justiça/injustiça. Os dados de homicídios por armas de fogo incluem casos que foram usadas pelas forças policiais contra a criminalidade. Casos em que os indivíduos usufruíram o direito à legítima defesa. Foi o que ocorreu com a senhora Odete Prá, aquela senhora de 87 anos que, em 2012. Matou a tiros um bandido que invadiu seu apartamento com uma faca.

como comprar uma arma legalmente Ao salvar sua vida, a senhora contribuiu para engrossar as estatísticas de mortes por armas de fogo. Caso fosse assassinada pelo bandido, haveria uma morte. O absurdo resta evidente. O caso demonstra que a ideologia do desarmamento ignora e chega mesmo a inverter a relação vítima/criminoso. Toma-se a injustiça pela justiça. Consequentemente, impõe-se uma interpretação falaciosa sobre segurança pública. Desse modo, o direito à legítima defesa é suplantado pelo dogma.

como comprar uma arma legalmente Há premissas comuns ao debate em torno das armas tendo os Estados Unidos como mote: 1) americanos são patriotas, cultuam suas Forças Armadas e o próprio poderio militar; 2) americanos banalizam a violência; 3) americanos idolatram as armas; 4) americanos compram fuzis em padarias; 5) americanos estão armados “até os dentes”. As premissas, embora reducionistas, são verdadeiras. Não se verifica nos Estados Unidos aquilo que é apregoado pelos desarmamentistas. Como consequência: violência epidêmica, convulsão social, níveis alarmantes de mortes por armas de fogo.

Compre via PagSeguro – Comprar arma sem registro

como comprar uma arma legalmente Existem 270 milhões de armas de fogo em mãos civis nos Estados Unidos. A relação é de 83 a 96 armas para cada 100 habitantes, ou seja, quase uma arma para cada cidadão. Os dados são do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime. Esse número astronômico coloca os Estados Unidos na primeira posição em posse de armas de fogo no mundo.

como comprar uma arma legalmente O Brasil tem 15 milhões de armas de fogo. Em cada 100 habitantes, apenas oito possuem armas de fogo. Nos Estados Unidos, em 2013, houve pouco mais de 11 mil mortes por armas de fogo. No Brasil, em 2010, houve mais de 36 mil mortes por armas de fogo. Nos Estados Unidos, com quase 20x mais armas do que o Brasil, 58% dos homicídios ocorrem por armas de fogo. No Brasil, segundo dados da UNODC, de 2008, esse índice chega a 70%. A Suíça, por sua vez, é um dos países em que a população civil está mais armada no mundo. O número chega próximo ao dos Estados Unidos. Mesmo assim, em 2013, houve apenas 18 homicídios com armas de fogo naquele país. Armas não aumentam os homicídios!

como comprar uma arma legalmente No Brasil, dados da Polícia Federal e do Ministério da Justiça apontam que os Estados do Acre, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina e Mato Grosso respondem por 33% das armas registradas na Polícia Federal. No entanto, os cinco Estados mais armados do país têm apenas 9% dos homicídios. Já nos cinco Estados com menor número de armas legais, segundo os registros da Polícia Federal, os números são inversos.

Média de Armas de Fogo

Pernambuco, Bahia, Ceará, Sergipe e Maranhão detêm 6% das armas legais. Com registros ativos na Polícia Federal respondem por 26% do total de mortes registradas em 2008. Estados com maiores índices de violência são os que têm menor número de pessoas com porte de armas. O Amapá, quinto Estado mais violento segundo o Mapa da Violência de 2012, tem dois portes autorizados. Alagoas, o campeão da violência, tem 49. Já o Rio Grande do Sul tem o maior número de porte de armas, 1.060. É o quinto Estado menos violento.

como comprar uma arma legalmente A manipulação é evidente! A título de curiosidade. Mortes acidentais com armas de fogo, segundo o Ministério da Saúde, 1.045 em 2012. Mortes por afogamento foram 4.224 no mesmo ano.

Se a lógica dos desarmamentistas fosse seguida, o país deveria proibir que as pessoas tomassem banhos de mar e rios!


Como tirar CR | Armas Clandestinas | Comprar Arma sem Registro
Armas a Venda | Loja das Armas | Casa Armada